5 dicas para quem vai abrir o próprio negócio

Muito se fala sobre o empreendedorismo no Brasil. No entanto, poucas são as pessoas que colocam em prática o sonho de abrir o próprio negócio. Isto porque há, além do medo, muitas dúvidas sobre os caminhos para começar a empreender. E muitos destes questionamentos se referem a parte burocrática de como e por onde se deve iniciar a trajetória. Mas saiba que não para por aí. Se por um lado a parte administrativa e as infinitas exigências documentais assustam, existem ainda outros fatores que devem ser considerados para quem deseja começar o próprio negócio. E talvez estes sejam ainda mais importantes do que uma pilha de papéis protocolados.

Digo inclusive que hoje, no Brasil, o empreendedor muitas vezes precisa desenvolver habilidades que ninguém ensina na escola, mas que são essenciais para que o seu sonho torne realidade. Entre essas características estão a persistência, a determinação e o foco. Outro detalhe que você, mulher, não pode deixar que se torne um empecilho é que muita gente ainda acredita que este universo é predominantemente masculino. Mas na verdade, o número de empreendedores do sexo feminino tem aumentado expressivamente.

Prova disso foi uma pesquisa realizada pelo Sebrae e o Global Entrepreneurship Monitor (GEM), na qual apontava que hoje as mulheres são maioria entre os novos empreendedores brasileiros. Ao todo, elas já somam 52% dos empresários com menos de três anos e meio de atividade. E foi devido a este dado que uma jovem empreendedora me chamou a atenção, apesar de sua pouca experiência. A empreendedora Nilma Dias vem tentando garantir seu espaço no mercado e para isto, conta, acima de tudo, com muita preparação, senso de oportunidade e foco.

Nilma, atualmente, desenvolve artigos sobre empreendedorismo e recentemente em parceria com Bruno Perin foi coautora do e-book “A dura vida do empreendedor”, que encontra-se disponível gratuitamente na internet. Para te adiantar algumas dicas do que ela fala no livro virtual, eu selecionei cinco delas, que acho fundamental, para compartilhar com vocês.

Saber dizer não, ter foco e investir em preparo são algumas das regrinhas básicas para se dar bem na hora de se tornar empreendedor!

BB8n9kg 5 dicas para quem vai abrir o próprio negócio

 

        Invista em preparo

De nada adianta ter uma ideia legal e não saber como aplicá-la da melhor forma. É preciso pesquisar o mercado, saber como ele funciona e se encontrar no meio de tudo isso. Planejar é preciso, mas agir é ainda mais fundamental. Portanto, você precisa “conhecer o terreno” onde vai adentrar. Além disso, desenvolva estratégias o tempo todo para se manter no caminho e corrigir o percurso, caso seja necessário.
BB8n9kn 5 dicas para quem vai abrir o próprio negócio

​Identifique e explore novas oportunidades

Para quem está preparado e disposto a desbravar novas experiências, as oportunidades apresentam-se de várias formas. É preciso saber identificá-las para que assim possa agarrá-las na hora certa. Para isto, tenho uma frase dita por minha avó que cabe bem aqui nesta dica: “a oportunidade só tem cabelo na frente”, ou seja, se você deixar ela passar dificilmente conseguirá segurar novamente.
BB8n1uO 5 dicas para quem vai abrir o próprio negócio

​Ter foco é fundamental

Já dizia o meu mentor, não adianta sair dando tiros para todos os lados, é preciso saber qual caminho você quer estar ou mesmo aquele que você não quer seguir. Defina muito bem qual o seu foco. Aqui, qualquer caminho não serve e um foco errado poderá te levar muito longe do verdadeiro trajeto que você deseja seguir.

BB8noAf 5 dicas para quem vai abrir o próprio negócio

Aprenda a dizer não

Antes eu acreditava que poderia agarrar todas as oportunidades que vinham até mim. Com o tempo aprendi que nem toda a porta aberta você deve entrar. Não adianta fazer milhões de coisas e não estar alinhada com o seu foco. Então, aprenda a definir o seu caminho e aceitar somente aquelas oportunidades que estão ligadas ao seu objetivo.
BB8n1v1 5 dicas para quem vai abrir o próprio negócio

Acredite no seu potencial

De todas as dicas, acredito que esta seja a mais importante: “não adianta ter uma ideia genial e muitas oportunidades no mercado se você não acredita que é capaz de fazer aquilo acontecer”. Dificuldades não se resolvem da noite para o dia. Além disso, problemas sempre vão existir e tudo isso pode ser superado se você acreditar em si mesma. E, se por um acaso, algum dia pensar em desistir, lembre-se dos motivos que a levaram a começar a empreender.

Deixe uma resposta