Como manter a saúde do seu negócio nos primeiros cinco anos

O brasileiro pegou gosto por empreender. Mesmo com todas as dificuldades intrínsecas à abertura de um negócio, como investimento de risco, carga tributária elevada e instabilidade econômica, a cada dia novas empresas são criadas repletas de expectativas.

Contudo, esta força de vontade por abrir o próprio negócio, na maioria das vezes não é suficiente para que a empresa se estabeleça no mercado.

Em uma pesquisa da Endeavor, organização de apoio ao empreendedorismo, os três maiores desafios do empreendedor estão relacionados a falta de capacitação e gestão, fluxo de caixa e pessoas.

Confiantes de que investir no próprio negócio pode ser uma excelente forma conquistar a tão desejada estabilidade financeira, listamos alguns pontos importantes para reflexão em um dos períodos mais críticos de um empreendimento, os primeiros cinco anos.

 1 – Atenção ao fluxo de caixa

O fluxo de caixa é um recurso essencial para os gestores saberem com precisão qual a situação financeira da empresa e, com base no resultado, decidir os caminhos a seguir. Portanto, invista em um bom sistema para gerenciar o fluxo de caixa e em capacitação da equipe responsável por gerenciar os recursos. Organize-se! Pois, sem dinheiro entrando, não se faz nada.

2 – Venda soluções

Quais os problemas do cliente que o seu negócio ajuda a resolver? As empresas existem para vender soluções e facilitar a vida das pessoas, tornando o dia a dia delas mais agradável. Então, não meça esforços para elaborar formas de atender melhor o cliente.

3 – Agregue valor ao seu produto

Com foco no item acima, nas soluções que a sua empresa entrega ao cliente, saiba trabalhar de forma adequada o seu produto / serviço. Preste atenção no mercado, na concorrência e em formas de aprimorar o que vende. Diferencie-se e surpreenda.

Deixe uma resposta